Áustria reabre a brasileiros

No dia 1º de novembro, o governo austríaco reabriu as suas fronteiras para turistas brasileiros. Agora, sem a necessidade de cumprir quarentena no país, os viajantes deverão apresentar um comprovante em inglês de vacinação completa com qualquer uma das vacinas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS): Pfizer, AstraZeneca, Janssen, Moderna, Coronavac* e Sinopharm. Para que o documento seja aceito, a aplicação da segunda dose deve ter acontecido nos últimos 360 dias e aplicação da dose única da Janssen, nos últimos 270 dias. Uma alternativa é mostrar um documento, também em inglês, comprovando que se recuperou da Covid-19 nos últimos 180 dias.

Aqueles que ainda não tiverem sido vacinados ou não tiverem se recuperado da doença nos últimos seis meses não serão impedidos de embarcar, mas terão que apresentar uma autorização prévia de viagem (que pode ser obtida aqui) e resultado negativo para um teste de antígeno feito nas últimas 24 horas ou para um teste RT-PCR feito nas últimas 72 horas.

Ainda assim, essas pessoas deverão cumprir quarentena de dez dias na chegada à Áustria.  O período de isolamento pode ser encurtado caso o indivíduo faça um novo teste de Covid-19 no quinto dia de viagem e obtenha outro resultado negativo.