07/07/2022

5:02 AM

Brasil no comando do conselho de combate à tuberculose no mundo

O Brasil assumiu nesta segunda-feira (9) o comando do conselho da entidade Stop TB Partnership, instituição internacional que busca exterminar a tuberculose no mundo. O ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, assumiu o comando por um período de três anos.

“Eu aceitei um desafio que me foi colocado, mesmo sabendo das dificuldades que o cargo me impõe de Ministro da Saúde para coordenar mundialmente a Stop TB. No Brasil, conseguimos, graças à parceria com os secretários estaduais e municipais de saúde, cerca de 80% de tratamentos completados”, afirmou Mandetta.

Fazem parte atualmente da instituição, que é reconhecida como órgão internacional único, o ministro da Saúde da África do Sul, Aaron Motsoaledi, e o diretor executivo do Fundo Global de Combate à AIDS, Tuberculose e Malária, Peter Sands.

A Stop TB possui cerca de 1.700 representantes em mais de 100 países, incluindo governos, organizações internacionais, agências de pesquisa e financiamento, além de fundações e organizações não governamentais.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, no Brasil, somente no ano de 2018, foram relatados 76.228 novos casos de tuberculose, o que representa 36,6 casos para cada 100 mil habitantes.

A tuberculose está entre as 10 principais doenças que causam a morte em todo o mundo, e são registrados cerca de 10 milhões de novos casos anualmente. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece o diagnóstico e o tratamento sem custos aos cidadãos. Mas para que seja alcançada a cura é necessário finalizar o tratamento que tem duração de seis meses.

 

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.