20/05/2022

1:55 AM

Covid-19: Ministério Público do DF investiga fraudes na compra de testes

A Operação Falso Negativo deflagrada nesta quinta-feira (2) pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e a Justiça Criminal de Brasília, tem como objetivo apurar supostas ilegalidades em contratações de testes para a detecção da covid-19 em oito unidades federativas.

Segundo o MPDFT, as suspeitas são de que, por meio da dispensa de licitações devido à situação emergencial da pandemia, mais de R$ 30 milhões tenham sido desviados em superfaturamento de contratos para aquisição de testes destinados à detecção da doença. De acordo com os investigadores, a soma do valor das dispensas de licitação sob investigação ultrapassa R$ 73 milhões. O processo corre em sigilo.

Setenta e quatro mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPDFT em São Paulo, no Espírito Santo, Rio de Janeiro, na Bahia, em Goiás, Santa Catarina e no Paraná, além do Distrito Federal.

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.