25/05/2022

11:11 PM

Dólar registra maior alta na história

Nesta sexta-feira (21), o dólar foi negociado na abertura da bolsa a R$ 4,40, batendo seu marco mais alto na história. A parcial do mês registrou acúmulo de 2,49% até sua véspera e, na medição anual, 9,52%.

Uma certa cautela dos investidores no mercado deve-se aos impactos na economia global gerados pelo surto de coronavírus na China. A paralisação das praças financeiras no Brasil durante o carnaval também desaquece o cenário de investimentos.

Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, afirmou que o câmbio não traz reflexos sobre a inflação, e o mercado brasileiro parece ter reduzido suas expectativas de crescimento do PIB em 2020 para a casa máxima de 2%. Segundo o relatório Focus, que traz a evolução gráfica e o comportamento semanal das projeções para índices de preços, câmbio, taxa Selic e outros indicadores, a previsão estimada de alta do PIB bateria os 2,23%.

A redução da Selic a partir de julho do ano passado também influencia na desvalorização do real diante da moeda americana.

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.