21/05/2022

6:49 AM

Eduardo Cunha é alvo de operação sobre propina

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) deflagrou, nesta quarta-feira (3), mandados de busca e apreensão contra um suposto esquema de propina para baixar impostos em combustíveis da aviação na capital federal. Entre os alvos estão o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e o ex-vice-governador do DF, Tadeu Filippelli.

Segundo a investigação, os supostos crimes ocorreram entre 2012 e 2014. Há indícios de que as empresas Gol e Latam teriam pago R$ 4 milhões a Filippelli e R$ 10 milhões a Eduardo Cunha.

Em nota, a defesa de Cunha afirmou que os fatos “não guardam qualquer relação com Eduardo Cunha, são antigos, não passam de 2014” e disse ainda que “confia nas instâncias superiores do Poder Judiciário para corrigir tamanha ilegalidade”.

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.