04/07/2022

2:58 AM

EUA ofertam ajuda ao Canadá para acabar com bloqueios nas fronteiras

Os Estados Unidos (EUA) ofereceram ajuda ao Canadá para acabar com o bloqueio na fronteira por manifestantes que se opõem às restrições sanitárias impostas devido à covid-19, informou a imprensa canadense.

A emissora pública do Canadá, CBC, disse que a Casa Branca e o Departamento de Segurança Interna norte-americano disponibilizaram recursos para acabar com bloqueios de fronteira, por causa dos danos causados à economia.

Representantes da Casa Branca, citadas pela CBC, informaram que norte-americanos conversaram com autoridades canadenses para tentar resolver a crise, que já reduziu a produção de automóveis.

A intervenção da administração Joe Biden ocorreu no mesmo dia em que a governadora de Michigan, a democrata Gretchen Whitmer, pediu ao Canadá a reabertura do tráfego na ponte Ambassador, devido aos prejuízos econômicos no estado.

Em comunicado, Whitmer afirmou que a paralisação do tráfego naquela passagem tem “impacto significativo” para os trabalhadores de Michigan e que os setores automobilístico, industrial e agrícola “estão sentindo os efeitos”.

A ponte Ambassador liga a cidade de Windsor, no Canadá, a Detroit, a maior cidade do estado norte-americano de Michigan (centro-oeste) e é a travessia terrestre mais importante entre os dois países.

Por essa ligação circulam diariamente cerca de US$ 400 milhões em mercadorias, um terço do comércio entre os dois países e dezenas de milhares de pessoas.

Do lado do Canadá, grupos de caminhoneiros críticos das restrições sanitárias do primeiro-ministro Justin Trudeau, bloqueiam o acesso à ponte há quatro dias, causando sérios problemas de abastecimento a vários setores, incluindo a indústria de automóvel.

Mais dois postos fronteiriços também são bloqueados por caminhoneiros e agricultores.

Na província de Alberta, no oeste do Canadá, há quase duas semanas grupos bloqueiam ininterruptamente a passagem de fronteira de Coutts, vital para o transporte de gado e produtos de pecuária.

Nessa quinta-feira, manifestantes em Manitoba, no centro do Canadá, iniciaram ações semelhantes na passagem de fronteira de Emerson.

Mais de 400 caminhões ocupam o centro de Ottawa, em protesto que começou dia 29 de janeiro.

 

Por: Agência Brasil

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.