26/05/2022

10:58 AM

Ex-secretário nacional de Justiça é preso pela Lava Jato do Rio de Janeiro

Astério Pereira dos Santos, ex-secretário nacional de Justiça e procurador aposentado, foi preso na manhã desta quinta-feira (5) em sua residência no Leblon, durante mais uma etapa da Lava Jato no Rio.

Astério é suspeito de envolvimento em lavagem de dinheiro, pagamento de propina e de ter ajudado na fuga do empresário Arthur Cesar de Menezes Soares Filho, o Rei Arthur  – dono dos maiores contratos com o governo do RJ na gestão de Sérgio Cabral e acusado de envolvimento na compra de votos para a eleição do estado como sede da Olimpíada de 2016.

De acordo com informações da Polícia Federal, o esquema também beneficiaria integrantes do Tribunal de Contas do Rio (TCE-RJ). A força-tarefa ainda tem nove mandados de prisão. Até a última atualização, oito pessoas haviam sido presas.

O juiz Marcelo Bretas expediu outros 34 mandados de busca e apreensão. Uma das equipes da polícia apreendeu R$ 100 mil em um posto de gasolina em Duque de Caxias, que tem como sócios dois alvos presos na operação. A suspeita é de que o posto tenha recebido, entre 2005 e 2012, quase R$ 3 milhões de uma empresa também investigada na operação.

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.