26/05/2022

11:39 AM

Fiocruz participa de campanha global Não Esqueça da Hanseníase

Por: Agência Brasil

 

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) assinou hoje (17), no Rio de Janeiro, o termo de cooperação para a adesão à campanha global Não Esqueça da Hanseníase (Don’t Forget Hansen’s Disease). Idealizada pelo embaixador da boa vontade da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Eliminação da Hanseníase, Yohei Sasakawa, o objetivo da iniciativa é que governos, organizações e pessoas não se esqueçam da importância de se fazer o diagnóstico e o devido tratamento da hanseníase em meio à pandemia de covid-19.

Segundo dados do último Boletim Epidemiológico de Hanseníase do Ministério da Saúde, o diagnóstico de novos casos da doença no Brasil caiu pela metade de 2019 para 2020. “Dados preliminares de 2020 mostram que o Brasil diagnosticou 13.807 casos novos de hanseníase, sendo 672 (4,9%) em menores de 15 anos”, informou a publicação.

De acordo com o boletim, em 2019 a Organização Mundial da Saúde recebeu a notificação de 202 mil novos casos da doença no mundo, sendo 29,9 mil nas Américas e, desses, 27,8 mil no Brasil, o segundo país com mais notificações, atrás apenas da Índia.

Para o coordenador nacional do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan), Artur Custódio, a diminuição das notificações é preocupante, já que não indica redução de novos casos.

“Essa diminuição infelizmente não pode ser comemorada. Ela significa que, por conta da paralisação de políticas públicas de busca ativa de casos e das dificuldades de acesso aos serviços de saúde impostas pela pandemia e pela gestão da pandemia no Brasil, novos casos deixaram de ser registrados e, assim, pessoas que deveriam estar em tratamento não contaram ainda sequer com o diagnóstico”, acentuou.

Ele destacou que a falta de diagnóstico e de tratamento pode levar ao desenvolvimento de sequelas físicas irreversíveis, além de lesões mais graves na pele e o aparecimento de incapacidades físicas. O tratamento é importante também para que os pacientes parem de transmitir a doença.

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.