21/05/2022

7:13 AM

Governo abre possibilidade de concurso e reajuste em 2023

O governo usou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para fazer uma sinalização aos servidores públicos, que se movimentam para tentar reajustes salariais ainda neste ano.

O texto não traz qualquer proibição de concurso ou reajuste de servidor, segundo o secretário especial de Relações Governamentais da Casa Civil, Bruno Grossi, no podcast “Bastidores da Casa Civil“, feito pela própria Pasta.

Grossi reconhece que este ano “é o último ano de mandato desse presidente”, mas aponta que, com a permissão, cria-se “uma possibilidade”.

Uma das medidas de contenção de gastos durante a pandemia de Covid-19 foi a proibição de realização de concursos públicos, exceto em casos de vacância, até o fim de 2022.

Além disso, a sinalização do governo acontece após as categorias mais mobilizadas, como a Receita Federal e o Banco Central, se pronunciarem contra um reajuste linear de 5% para todos os servidores públicos.

O movimento entre servidores começou depois de Jair Bolsonaro prometer um aumento apenas para os policiais de carreiras federais. A diferenciação indignou outros servidores, que se mobilizaram para pedir reajustes salariais.

 

Por Metrópoles

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.