19/08/2022

2:13 AM

Governo lança na segunda medidas de incentivo à produção de biometano

O Brasil assinou, no ano passado, durante a Cúpula do Clima (COP 26), um compromisso global de reduzir em 30% as emissões de metano na atmosfera. Para ajudar a cumprir esta meta, o governo vai lançar, nesta segunda-feira (21), várias medidas de incentivo a produção de biometano. A informação é do ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, entrevistado deste domingo (20) programa Brasil em Pauta.

Segundo Leite, diversas iniciativas já são realizadas para transformar resíduos sólidos – especialmente de aves, suínos, cana-de-açúcar e os provenientes dos aterros sanitários – em biometano. De acordo com o ministro, a transformação desses resíduos reduz a quantidade de gás metano gerado por esse tipo de lixo. “É lixo virando energia, é lixo virando combustível”, comemorou.

Leite diz que as propriedades rurais estão transformando esse resíduo em biogás e utilizando em tratores, caminhões e ônibus “Você pode usar o gás gerado na própria propriedade e reduzir o custo com o diesel”, falou.

Entre as medidas que serão anunciadas estão novas linhas de financiamento para crescimento verde. São R$ 400 bilhões para essa finalidade.

De acordo com o ministro, as políticas públicas são desenhadas pelo governo mas é o setor privado que deve executá-las. “É quem transformará a economia de hoje baseada em combustíveis fosseis numa economia neutra em emissões de gás de efeito estufa”, disse.

 

Por Agência Brasil

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.