01/07/2022

8:18 PM

HUB prorroga recrutamento de profissionais de Saúde para estudo sobre vacinas no DF

O Hospital Universitário de Brasília, da UnB (HUB-UnB) prorrogou o prazo para a inscrição de voluntários na pesquisa nacional que avalia a segurança e a efetividade das vacinas contra a Covid-19 aplicadas em profissionais de Saúde, a SevaCov-ProOs interessados têm até 30 de junho para se inscrever.

Podem participar do processo profissionais de níveis técnico e superior que atuam em hospitais públicos e privados ou em unidades básicas de saúde (UBSs) do Distrito Federal. O recrutamento de voluntários começou no final de setembro de 2021 e já alcançou 3,5 mil pessoas, sendo 700 no DF, mas a expectativa é chegar a 10 mil voluntários, em todo o Brasil.

O estudo, coordenado pelo HUB e realizado em mais sete centros de pesquisa do país, quer ajudar a entender como funcionam as vacinas contra Covid-19 fora do ambiente controlado dos ensaios clínicos e, entre outras questões, quer identificar:

  • Quanto tempo dura a proteção nas pessoas que estão mais expostas ao vírus
  • Qual foi a resposta imunológica após a vacina

O projeto é financiado pelo Ministério da Saúde e deve receber R$ 13 milhões para custeio de insumos e contratação de profissionais especializados para condução do estudo. Participam:

  • Farmacêuticos
  • Enfermeiros
  • Fisioterapeutas
  • Epidemiologistas
  • Farmacologistas
  • Nutricionistas
  • Biomédicos
  • Biólogos
  • Administrador
  • Médicos
  • Técnicos de enfermagem
  • Professores
  • Estudantes

Confirmada a inclusão do voluntário na pesquisa, a equipe entra em contato para agendar o primeiro atendimento no HUB, quando haverá preenchimento do termo de consentimento e uma entrevista para obtenção de dados. Além da coleta de sangue para exames laboratoriais, que irão dosar os níveis dos anticorpos neutralizantes contra o SARS-CoV-2.

Sobre a pesquisa

A SevaCov-Pro é um estudo de fase quatro, que testa na vida real como funcionam os imunizantes aplicados em profissionais de Saúde, avaliando os seguintes critérios:

  • Segurança (desenvolvimento de reação adversa à vacina);
  • Efetividade (existência de diagnóstico da doença pós-vacinação e gravidade);
  • Imunogenicidade (resposta imunológica);
  • Vigilância genômica (monitoramento de variantes do novo coronavírus).

Quais são os centros de pesquisa participantes?

  1. Hospital Universitário de Brasília da Universidade de Brasília (HUB-UnB)
  2. Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS)
  3. Hospital de Ensino da Universidade Federal de Pelotas (HU-UFPel)
  4. Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian da Universidade de Mato Grosso do Sul (HUMAP-UFMS)
  5. Hospital das Clínicas da Universidade de Minas Gerais (HC-UFMG)
  6. Hospital Universitário Antônio Cassiano Moraes da Universidade Federal do Espírito Santo (HUCAM-UFES)
  7. Complexo hospitalar da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (HUPE e PPC)
  8. Instituto Nacional de Cardiologia (INC)

* Os seis primeiros integram a Rede Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares Ebserh/MEC.

 

Por G1

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.