03/07/2022

9:31 AM

Ilha do Caribe sofre com maior explosão vulcânica de sua história

Após a explosão do vulcão La Soufriere, na pequenina ilha caribenha de São Vicente, rios de lava quente, fragmentos de rocha e gás escorreram pelos flancos e deixaram os moradores em alerta.

O La Soufriere entrou em erupção na sexta-feira (9) após décadas de inatividade, bombeando nuvens escuras de cinzas a 10 quilômetros e forçando a saída dos habitantes da região por terra e por mar. Nenhuma morte foi registrada até o momento, mas cerca de um terço da área da ilha está isolada e o espaço aéreo continua fechado, enquanto o fornecimento de água e energia elétrica está intermitente em algumas comunidades. 

“Estamos sofrendo com as cinzas, e fica difícil respirar às vezes”, disse Aria Scott, de 19 anos, uma estudante moradora da capital Kingstown. “Eu não vou lá fora, pois não quero assumir o risco”. 

São Vicente e Granadinas, que tem população de pouco mais de 100 mil pessoas, não passa por atividade vulcânica desde 1979, quando uma erupção causou cerca de US$ 100 milhões em prejuízos. A erupção do La Soufriere – que significa “saída de enxofre” em francês – matou mais de mil pessoas em 1902.

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.