26/05/2022

11:38 AM

Incêndios na Austrália ganham proporções alarmantes

O sudeste da Austrália teve hoje (10) o encontro de dois grandes incêndios, formando um gigantesco cenário de destruição de reservas ambientais que abrigam animais silvestres e espécies em extinção. Com temperaturas registradas em 40°C e ventos fortes responsáveis por espalhar as chamas, a área atingida já é quatro vezes maior que a cidade de Nova York, de acordo com a agência de notícias France Press.

“As condições estão difíceis hoje. Os ventos quentes e secos são novamente um verdadeiro desafio”, informou o chefe dos bombeiros na zona rural de Nova Gales do Sul, Shane Fitzsimmons.

Já foram anunciadas várias ordens de evacuação para as pessoas que residem nessas áreas de fronteira entre os estados de Nova Gales do Sul e de Victoria.

A primeira-ministra de Nova Gales do Sul, Gladys Berejiklian, informou que seu estado está com mais de 130 incêndios, e cerca de 50 deles ainda estão fora de controle. 18 pessoas já morreram em consequência de queimaduras somente em Nova Gales do Sul.

Especialistas da Universidade de Sydney afirmam que os incêndios já mataram um bilhão de animais, dentre eles mamíferos, pássaros e répteis.

Incêndio nas florestas australianas colorem o céu de vermelho (Foto: SAEED KHAN/AFP) (FOTO: SAEED KHAN/AFP)

 

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.