02/07/2022

8:24 AM

Marcha em Paris faz homenagem a professor decapitado por terrorista

Dezenas de milhares de pessoas se manifestaram na França, ontem (18), para homenagear Samuel Paty, o professor de história que foi decapitado por um terrorista na última sexta-feira (16). Paty foi assassinado depois de mostrar uma caricatura de Maomé em uma aula sobre liberdade de expressão. A polícia francesa informou que pelo menos 11 suspeitos de contribuir com o atentado já foram detidos.

O presidente da França, Emmanuel Macron, classificou o ataque como um atentado terrorista islâmico. “Um de nossos compatriotas foi assassinado porque ele ensinava seus alunos sobre liberdade de expressão, liberdade de crer ou de não crer”, disse Macron.

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.