19/05/2022

5:36 PM

Ministro do Irã confirma que erro humano causou acidente com avião ucraniano

O Irã afirmou que seus militares derrubaram por engano um avião ucraniano nesta semana, matando todas as 176 pessoas a bordo. O anúncio foi feito neste sábado (11) pela televisão estatal iraniana, e se referiu a uma declaração das forças armadas do Irã.

 

Javad Zarif, ministro das Relações Exteriores do Irã,  atribuiu o erro às tensões que assolam o país, de acordo com uma mensagem postada no Twitter. “Um dia triste. Conclusões preliminares da investigação interna das Forças Armadas: Erro humano, em tempos de crise causado pelo aventureirismo dos EUA, levou ao desastre. Lamentamos profundamente, pedimos desculpas e condolências ao nosso povo, às famílias de todas as vítimas e a outras nações afetadas.”

 

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, também se referiu via twitter ao erro que causou o acidente: “A investigação interna das Forças Armadas concluiu que, infelizmente, mísseis disparados por erro humano causaram o terrível acidente do avião ucraniano e a morte de 176 pessoas inocentes. As investigações continuam a identificar e processar essa grande tragédia e esse erro imperdoável”, disse o Presidente.

O Irã havia negado durante a semana seu envolvimento no acidente, ao contrário das alegações dos EUA e do Canadá, que apontavam para o Irã como responsável.

Na sexta-feira (10), o ministro das Relações Exteriores do Canadá anunciou que pressionaria o Irã, por meio de um esforço internacional conjunto, por uma investigação aprofundada sobre a causa do acidente.

Os EUA prometeram que “ações apropriadas” seriam tomadas após a confirmação de que a aeronave foi derrubada por um míssil iraniano.

 

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.