Mulher suspeita de enviar carta envenenada para Trump é detida

Uma mulher suspeita de enviar um envelope envenenado para o presidente Donald Trump foi detida ao tentar entrar em território americano. A carta foi interceptada pelo serviço postal da Casa Branca. Segundo informações da imprensa, a suspeita portava uma arma no momento em que foi abordada pelas autoridades.

A correspondência com a sustância tóxica, enviada do Canadá, foi recolhida antes de chegar ao centro de distribuição que fica dentro da sede do governo norte-americano, em Washington, na semana passada. A ricina é uma substância letal extraída da mamona que pode matar uma pessoa apenas com uma pequena quantidade.

Deixe um comentário

Hits: 11