01/07/2022

9:01 PM

Polícia Federal afirma que navio de origem grega é suspeito de derramar óleo no Nordeste

Nesta sexta-feita (01), a PF começou uma operação junto a Interpol. Eles investigam se um navio com bandeira grega é o responsável pelo derramamento de óleo que provocou a contaminação nas praias do Nordeste.

A embarcação parou na Venezuela em 15 de julho deste mesmo ano, e o derramamento aconteceu a 700km da costa brasileira entre os dias 28 e 29 de julho.

Já foram ordenados dois mandados de busca nesta sexta (01) no Rio de Janeiro. As sedes que respondem pela empresa grega responsável pelo navio já estão alertadas. Após atracar na Venezuela, o navio seguiu para Singapura, e logo em seguida, aportou na África do Sul. A suspeita é que durante todo esse caminho aconteceu o derramamento.

Até o momento, o óleo que contamina as praias do Nordeste já atingiu 286 localidades.

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.