01/07/2022

8:36 PM

Polícia Federal prende ex-senador durante investigação de caixa 2

A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (9) o ex-senador Luiz Otávio Campos e Álvaro Cesar Silva da Rin, suspeitos de terem participado de repasses de R$ 1,5 milhão, por meio de caixa 2, para o candidato ao governo do Pará em 2014, Helder Barbalho. A Polícia Federal relatou que o governador não é investigado na operação Fora do Caixa, um braço da Operação Lava Jato.

A PF alega ter encontrado indícios durante as investigações – baseadas em depoimentos com delação premiada feitos por executivos da Odebrecht no âmbito da operação Lava Jato – de que pelo menos um dos pagamentos ocorreu em um endereço relacionado a parentes de Luiz Otávio Campos.

Nestes depoimentos, os executivos relataram três entregas, entre setembro e outubro de 2014, no valor de R$ 500 mil reais cada, com a mediação de um ex-senador da República vinculado ao candidato ao governo do estado do Pará na época.

Os policiais federais cumpriram dois mandados de prisão temporária em Belém, Palmas, e Brasília, conjuntamente ao cumprimento de mandados de buscas e apreensão expedidos pela 1ª Vara da Justiça Eleitoral de Belém.

 

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.