18/08/2022

6:59 AM

Primeira parcela do IPTU 2022 deve ser paga em 16 de maio

A primeira parcela do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbano (IPTU) vence em 16 de maio. Os contribuintes poderão quitar a taxa em seis parcelas ou em cota única. No caso desta última opção, há desconto de 10% no valor cobrado, se o imóvel não tiver débitos na Receita do DF.

Conforme a inscrição do imóvel, a possibilidade de liquidar a conta de uma só vez segue até 20 de maio. Com o IPTU, o GDF também vai cobrar a Taxa de Limpeza Pública (TLP). Nessa segunda-feira (18/4), a Secretaria de Economia também abriu o período para recursos, que deve durar 30 dias. A opção pode ser feita pelo site da Receita do DF, no link: “Impugnação contra Lançamento IPTU/TLP”.

Os boletos para pagamento serão enviados aos contribuintes pelos Correios. Também será possível imprimir pelo site da Receita ou no aplicativo Economia-DF. Os responsáveis pelo pagamento do imposto que não tiverem domicílio fiscal declarado deverão retirar o Documento de Arrecadação (DAR) pelo site da Receita do DF.

As parcelas serão iguais e sucessivas, mas o valor de cada uma não pode ser inferior a R$ 20. Caso a soma do valor do IPTU com o da TLP seja inferior a R$ 40, o pagamento deverá ser feito em cota única.

A alíquota do imposto continua a mesma dos anos anteriores: 0,30% para imóveis residenciais edificados; e 1% para imóvel não residencial edificado e para imóvel residencial portador de alvará de construção. Para terrenos sem edificações, ou com edificações em construção ou em demolição, condenadas ou em ruínas, a alíquota é de 3%.

 

Por Metrópoles

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.