25/05/2022

10:55 PM

Queimadas no Pantanal afetam animais, causando falta de alimentos, desequilíbrio e risco de extinção

O relatório do Instituto Homem Pantaneiro (IHP) informou que as queimadas no Pantanal podem gerar impactos diretos e indiretos no bioma, incluindo falta de alimentos, desequilíbrio ambiental e risco de extinção de animais. O documento foi anexado ao inquérito da Polícia Federal que investiga quatro fazendeiros suspeitos de iniciarem os incêndios que destruíram mais de 25 mil hectares do Pantanal, em Mato Grosso do Sul.

O IHP é responsável pela gestão de algumas reservas da Serra do Amolar, região considerada a mais preservada do Pantanal. Segundo informações contidas no relatório — assinado pela doutora em Ecologia e Conservação Letícia Larcher e pelo médico veterinário Diego Viana — os animais do bioma podem sofrer com a exposição de predadores, alteração de fauna, flora e alimentos, além de terem mudanças nos padrões de comportamento, migrações e na estrutura alimentar no ecossistema. Algumas espécies ainda podem ter o risco de extinção ampliado.

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.