09/08/2022

2:12 PM

Reunião de cúpula de Madri confirma agressividade da Otan com a Rússia, afirma diplomata

Moscou, 29 Jun 2022 (AFP) – A reunião de cúpula em Madri demonstra a agressividade da Otan a respeito da Rússia, afirmou o vice-ministro russo das Relações Exteriores, que chamou a ampliação da Aliança Atlântica para Finlândia e Suécia como “profundamente desestabilizadora”. “A reunião de cúpula de Madri consolida o curso de uma trajetória agressiva em relação à Rússia por parte do bloco”, disse o vice-ministro Sergey Riabkov às agências russas.

O secretário-geral da Otan afirmou nesta quarta-feira que considera a Rússia uma “ameaça direta” para a segurança da coalizão militar ocidental. Os ocidentais decidiram reforçar os recursos militares porque a Rússia atacou em fevereiro a vizinha Ucrânia, país candidato a entrar para a Otan e a União Europeia. A ofensiva levou Finlândia e Suécia a solicitarem adesão à Otan, o que deve ser concretizado na reunião de Madri.

 

Por Uol Notícias

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.