09/08/2022

12:59 PM

Russos atacaram mais 300 alvos; Ucrânia conta mortes em duas cidades

As forças russas não deram trégua e prosseguiram com os ataques massivos contra a Ucrânia. Mais de 300 mísseis, segundo o Exército de Vladimir Putin, foram disparados. Lviv e Lugansk registraram mortes. Kharkiv, Zaporizhzhia, Donetsk e Dnipro sofreram bombardeios.

O governador regional de Lviv, Maksym Kozytsky, confirmou que sete pessoas morreram no ataque e 11 ficaram feridas, três em estado crítico. Uma delas é uma criança.

No Telegram, ele acusou Putin de “ter perdido a cabeça” e de cometer “deliberadamente um genocídio contra o povo ucraniano”.

Quatro civis morreram na região de Lugansk enquanto tentavam fugir. O grupo estava em um carro na cidade de Kreminna.

O Ministério da Defesa da Rússia, em comunicado divulgado pela agência russa de notícias TASS, afirma que atacou 315 alvos ucranianos.

As forças russas confirmam que os sistemas de defesa aérea foram usados ​​para derrubar dois caças MiG-29 e um avião SU-25.

 

Por Metrópoles

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.