03/07/2022

8:01 PM

Sétima morte é confirmada após ingestão de cerveja contaminada

A Polícia Civil informou ontem (8) o sétimo falecimento em decorrência da síndrome nefroneural atribuída à intoxicação por dietilenoglicol. A vítima havia ingerido cervejas da empresa mineira Backer e morreu em Belo Horizonte.

Substância tóxica usada em sistemas de refrigeração devido a suas propriedades anticongelantes, o dietilenoglicol foi encontrado em vários lotes de diferentes rótulos de cervejas produzidas pela Backer. Todas as pessoas que apresentaram sintomas da síndrome nefroneural tinham consumido a bebida pouco tempo antes, o que levou as autoridades a investigarem a fábrica e as cervejas da Backer.

As pessoas hospitalizadas apresentaram sintomas semelhantes como insuficiência renal aguda e de evolução rápida, alterações neurológicas centrais e periféricas que podem provocar paralisia facial, embaçamento ou perda da visão, alteração sensório, paralisia, entre outros sintomas.

Deixe um comentário

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.