26/05/2022

9:59 PM

Ucrânia: Rússia planeja provocar atentados no próprio território para nos acusar

Os serviços secretos da Ucrânia afirmam ter detectado planos do governo da Rússia de realizar atentados terroristas no próprio território, para acusar Kiev de responsabilidade e mobilizar a opinião pública. “O objetivo é provocar uma histeria antiucraniana”, afirmou o chefe da inteligência militar de Kiev, general Kyrylo Budanov, por meio de postagem no perfil que mantém no Facebook.

De acordo com as suspeitas, o propósito do Kremlin é criar uma cortina de fumaça com esses atentados, depois dos ataques e assassinatos de civis registrados em Bucha, na região de Kiev, e em Kramatorsk, no leste da Ucrânia. As ações se dirigiriam contra blocos de edifícios, hospitais ou escolas dentro do território russo, assim como contra uma cidade da anexada península da Crimeia, segundo aponta a agência de notícias “Ukrinform”.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, com isso, pretende criar “cenários sujos” que provoquem emocionalmente a população do país que lidera e a coloque ainda mais contra a Ucrânia. A suposta campanha desestabilizadora, consiste também na difusão de notícias falsas, e já foi iniciada, segundo Budanov. O general ucraniano garantiu que se trata da repetição de um método já empregado pela Rússia na Chechênia.

 

Por Uol Notícias

Copyright 2022 Resumo da Imprensa © Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Prima Vista Comunicação.